Diástase reto abdominal: entenda o que é e como oferecer o tratamento



Conhecer bem todas as demandas das clientes é essencial para que saibamos oferecer o tratamento adequado e eficiente. Assim, temos uma dica: não se prenda apenas àquelas disfunções estéticas mais tradicionais. A diástase reto abdominal, por exemplo, é um problema que, se não reconhecido, poderá nos induzir a não oferecer a melhor intervenção.

Por causar uma saliência na barriga, muitas vezes ela pode ser tratada apenas como excesso de gordura abdominal, por exemplo. A consequência disso? Um resultado não 100% e uma cliente insatisfeita e descrente com o nosso trabalho.


E pode acreditar! Prezar pela satisfação é fundamental, pois um dos métodos de marketing para clínicas mais eficientes é justamente aquele boca a boca, de alguém completamente contente.


Sendo assim, acompanhe o artigo e entenda melhor sobre tal disfunção, a qual é bem mais frequente que você imagina!


O que é a diástase reto abdominal?

Também conhecida apenas como diástase abdominal, ela é a separação dos músculos do abdômen e do tecido conjuntivo. Acontece de forma frequente após uma gestação, mas também pode ocorrer em mulheres acima do peso ou que têm o costume de levantar objetos pesados com má postura.


O músculo reto do abdômen é aquele com a capacidade de mostrar os famosos “gominhos” na barriga. Contudo, sua função não é apenas estética. Ele é responsável por dar apoio e proteção à coluna e aos órgãos, além de ter grande participação no processo de respiração.


Em sua constituição, ele tem algumas divisões horizontais, mas a mais visível é uma linha vertical, que o divide em lado direito e esquerdo. Em pessoas saudáveis, esses lados são quase colados. Já em outras, pode apresentar um afastamento de até 10 cm. Esse distanciamento pode acontecer em qualquer parte de sua extensão, como acima ou abaixo do umbigo.


Além da estética desagradável a muitas mulheres, a diástase também provoca dores na lombar ou na pélvis, podendo, em alguns casos, causar hérnia de disco. Por isso, o problema não deve ser negligenciado.


Como saber se a cliente tem diástase abdominal?

A diástase reto abdominal provoca aquela “barriguinha”. Assim, a cliente apresenta uma saliência, que, como falamos, pode ser acima ou abaixo do umbigo. Ela pode aumentar, quando se realiza algum esforço, como levantar algo ou tossir. Tem um aspecto flácido e, ao tocarmos no local, é possível perceber que ele se encontra amolecido.


Para se certificar ainda mais disso:

peça para a cliente se deitar, de forma a ficar com as pernas flexionadas e os pés tocando o chão;pressione os dedos indicador e médio 2 cm abaixo e 2 cm acima do umbigo;tente perceber se existe alguma faixa separando os músculos;se encontrar, é um sinal de diástase;depois, solicite a ela que contraia a barriga, como se fosse fazer abdominal;avalie se seus dedos se movem no momento em que ela contrai o abdômen;se não se moverem, é outro indício de diástase.


Como tratar a diástase reto abdominal?

Existem algumas intervenções para tratá-la e, em todas, o tratamento estético também ajuda.


Exercício de pilates

Junto ao tratamento dado em clínica, você pode sugerir à cliente algumas aulas de pilates. Elas devem ser dadas por um profissional capacitado e conhecedor do assunto, podendo ser um fisioterapeuta ou um personal trainer. A especialização dele é importante, pois exercícios mal executados podem piorar o problema.


Fisioterapia

Fisioterapeutas também têm um aparelho chamado FES, que impede, involuntariamente, a contração dos músculos. Da mesma forma que a dica anterior, será um trabalho em conjunto, já que os cosmecêuticos da sua clínica são essenciais para a eficácia.


Corrente Russa

A Corrente Russa é outro ótimo coadjuvante no tratamento. É feito por um equipamento, o qual você mesma pode ter em sua clínica. Ele causa um estímulo elétrico, capaz de produzir a contração dos músculos. Ainda, ajuda a melhorar todo o tônus muscular e a flacidez, além de estimular a circulação sanguínea e linfática e a oxigenação celular. Também melhora celulite, modela o corpo e reduz rugas.


Ela não é indicada para o período gestacional, mas pode ser usada no puerpério, ajudando a reduzir a diástase em um tempo bem menor que o fisiológico.


Cosmecêuticos

Por fim, o trabalho com cosmecêuticos também é importante para que a cliente obtenha resultados mais satisfatórios. Os genuinamente ortomoleculares são os mais recomendados, pois, além de conter ingredientes naturais, agem de forma mais profunda na pele. Retiram todas as toxinas das células e, depois, as alimentam com os nutrientes adequados.


Essa questão é fundamental, pois não adianta investir em qualquer outro tratamento se as células do corpo não estiverem receptivas a ele. Um dos cosmecêuticos que indicamos, aqui na Bothanica Mineral, é o DMAE.


Ele é um análogo da colina, que aumenta a biossíntese de acetilcolina na junção neuromuscular. Tem ação firmadora e rejuvenescedora, sendo capaz de melhorar a contração dos músculos.


Ainda, conta com forte ação anti-inflamatória, antioxidante e hidratante. Está presente em concentração de 10%, que é a máxima permitida. Contém vitaminas A e E, que auxiliam na síntese do colágeno, além de ser lipossomado.


Como oferecer o tratamento em minha clínica?

Para instruir bem a cliente e saber manusear os cosmecêuticos, oferecendo as massagens indicadas de tratamento para flacidez, vinda da diástase reto abdominal, o recomendado é obter conhecimentos teóricos e práticos por meio de cursos.


O FIRMEZ, oferecido pela Bothanica Mineral, tem um olhar exclusivo para esse tipo de disfunção, além de oferecer, também, outros conhecimentos mais profundos sobre flacidez muscular e da pele.


É preciso ter em mente que, com a concorrência no mercado e a rapidez na descoberta de novos tratamentos, é fundamental se manter atualizada, de modo a ser uma profissional diferenciada e mais bem reconhecida.


Curso FIRMEZ

O curso FIRMEZ é indicado para esteticistas ou outros profissionais da saúde. Oferece certificação e possibilita o profissional a trabalhar com seis dos nossos produtos. Tem duração de 8h e é realizado no Brasil todo, principalmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Salvador.


A agenda é disponibilizada em nossas redes sociais, e a pessoa interessada pode fazer inscrição ou tentar solicitar uma turma em sua cidade, de forma antecipada. O valor é de R$1.500 e pode ser dividido no cartão de crédito. Isso possibilita ao profissional o retorno rápido, que pode ser conseguido com apenas um cliente que faça 10 sessões.

Enfim, estar por dentro de todas as chateações estéticas que afligem as clientes é importante para que possamos oferecer resultados incríveis nos tratamentos. Conhecer bem o que é a diástase reto abdominal e saber como tratá-la dará a você mais oportunidades de sucesso na profissão.


Gostou do artigo? Ficou com dúvida sobre o nosso curso ou em algo que não comentamos? Deixe sua mensagem! Assim que possível, responderemos você!

387 visualizações

Bothanica Mineral® | Av. Vereador Jose Diniz, 1370, Santo Amaro, São Paulo CEP: 04.604-001 CNPJ: 09.445.018/0001-71

Data de entrega estimada: entre 3 e 15 dias úteis (dependendo do serviço contratado)