5 dicas para fazer o fluxo de caixa da sua clínica de forma simples


Para empreendimentos de pequeno e médio porte, um fluxo de caixa não confiável pode trazer consequências catastróficas. As estatísticas não mentem: 1 a cada 4 empresas fecha antes de completar dois anos.

Fazer um controle financeiro é fundamental para a sobrevivência a longo prazo de qualquer negócio. Quando gerenciada adequadamente, a empresa será capaz de manter capital de giro suficiente para operar durante os períodos de seca.

Para ajudá-lo a evitar que sua clínica entre para a estatística, abordaremos algumas dicas de práticas recomendadas para o gerenciamento do fluxo de caixa. Confira!


Por que é tão importante fazer o controle do fluxo de caixa adequadamente?


O fluxo de caixa permite que você compreenda claramente a liquidez da sua empresa. Isso porque esse controle traz dados importantes que o ajudarão a responder perguntas cruciais para o crescimento do negócio, como:

consigo manter o estoque?quanto dinheiro tenho disponível para comprar novos produtos?consigo pagar minhas dívidas a tempo ou preciso refinancia-las? Posso investir dinheiro excedente em novos equipamentos?

Com base nas informações fornecidas pelo relatório de indicadores e fluxo de caixa, você pode tomar decisões estratégicas com base em detalhes financeiros, como as entradas e saídas de sua clínica durante um determinado período. Mas de que forma fazer esse controle do fluxo? Veja no próximo tópico!


Como fazer o controle do fluxo de caixa de maneira simples?


Se você é a pessoa responsável pelo setor financeiro da clínica, certamente poderá se beneficiar destas 5 dicas de controle do fluxo de caixa que listamos a seguir!


1. Tenha uma visão completa dos seus movimentos de caixa


Uma das primeiras coisas a fazer é entender o quadro financeiro geral da sua empresa. Para isso, você precisará de um demonstrativo e uma previsão de fluxo de caixa.

Um demonstrativo, como o extrato bancário, por exemplo, oferece uma visão da sua situação de caixa em um determinado momento e costuma ser preparado no final de cada mês. É um mapeamento instantâneo do dinheiro que entrou (lucros, financiamento, dentre outros) e do que saiu de seu negócio (contas, folha de pagamento, custos de estoque, dívida etc.).

Sua previsão de fluxo de caixa, por outro lado, é voltada para o futuro — o próximo mês, trimestre ou até mesmo para o próximo ano. É uma ferramenta valiosa para ajudá-lo a prever quaisquer problemas antes que eles ocorram e, em seguida, implementar medidas atenuantes.

Para determinar sua previsão, é preciso que use dados de sua demonstração de fluxo de caixa, como padrões de pagamento dos clientes, projeções de vendas, planos de estoque e outras despesas.

A maioria dos softwares de contabilidade disponibiliza relatórios de previsão e fluxo de caixa que você pode utilizar como base, acrescentando apenas os dados contábeis que já tem.


2. Tenha uma conta bancária separada para o seu negócio


Um comportamento comum aos administradores de alguns empreendimentos, principalmente dos menores, é misturar contas bancárias comerciais e pessoais. Como o financiamento inicial do negócio geralmente vem das economias pessoais do proprietário, essa situação não é rara de acontecer.

Entretanto, além de ser obrigatório por lei, se você quiser entender o fluxo de caixa da empresa e ter uma visão clara sobre o desempenho do empreendimento, é essencial que mantenha os negócios e as finanças pessoais separados.


3. Financie grandes aquisições em vez de comprar à vista


Um dos erros de fluxo de caixa mais comuns é usar dinheiro para comprar um ativo importante de longo prazo, em vez de obter financiamento. Mesmo que a situação financeira esteja favorável, você pode acabar sem dinheiro se tiver uma redução repentina de receita ou um rápido crescimento.

A dica é: use sua projeção de fluxo de caixa para planejar suas necessidades de financiamento antecipadamente. Isso porque, em momentos de crise, os bancos tornam-se mais cautelosos para empréstimos.


4. Reduza despesas


A gestão eficaz do fluxo de caixa também significa manter os gastos a um valor mínimo possível. Concentre-se em despesas mensais, trimestrais ou anuais recorrentes para fazer seu planejamento.

Você pode cortar em aluguel ou folha de pagamento? Está gastando dinheiro em assinaturas ou serviços que não está usando ou que não precisa mais? Pode renegociar os termos de empréstimos ou arrendamentos em aberto?

Procure oportunidades de economizar dinheiro simplificando as práticas de negócios e reduzindo os custos operacionais, por exemplo:

minimize os custos de energia instalando produtos energeticamente eficientes ou realizando algumas atividades de negócios fora dos períodos de pico de uso de eletricidade; identifique as áreas onde você pode reduzir o desperdício ou melhorar a eficiência da utilização dos espaços; revise seus contratos de seguro, telefone e serviço de internet em períodos de renovação para garantir que está recebendo o melhor negócio; negocie com fornecedores para ter melhores oportunidades de compra.


5. Tenha uma reserva de caixa


Uma maneira de ficar à frente dos problemas de fluxo de caixa é manter uma reserva financeira. Isso nem sempre é fácil, especialmente se você está preocupado em não ter dinheiro suficiente para arcar com os gastos regulares da clínica.

A maioria dos planejadores financeiros recomenda que empresários tenham de 3 a 6 meses de economia para cobrir suas despesas. Isso realmente depende do seu nível de conforto pessoal. Tente começar aos poucos, aumentando suas contribuições ao longo do tempo e use sua previsão de fluxo de caixa para traçar seu plano de reserva.

Como você pôde perceber, o acompanhamento do fluxo de caixa é fundamental para qualquer negócio e, portanto, não pode ser negligenciado. Muitas empresas são forçadas a desacelerar seu crescimento simplesmente porque seus administradores não têm controle das entradas de caixa necessárias para suportar as saídas de custos.

No mais, empreendimentos que não exercitam uma boa administração financeira podem não ser capazes de fazer os investimentos necessários para competir e se manter no mercado.

Aproveite as dicas recomendadas aqui para aumentar seus saldos bancários, estender o número de opções estratégicas disponíveis para sua empresa e reduzir a probabilidade de decisões desagradáveis terem de ser tomadas no futuro.

Para complementar a leitura, que tal ver nosso artigo sobre cursos na área de estética e capacitação profissional?

5 visualizações

Bothanica Mineral® | Av. Vereador Jose Diniz, 1370, Santo Amaro, São Paulo CEP: 04.604-001 CNPJ: 09.445.018/0001-71

Data de entrega estimada: entre 3 e 15 dias úteis (dependendo do serviço contratado)